alimentação na gestação

A gravidez é acompanhada por alterações anatômicas, fisiológicas e psicológicas que afetam quase todas as funções orgânicas da gestante. Porém, cada gestante vivencia essa fase de forma única. Muitas dessas mudanças são evidenciadas logo nas primeiras semanas de gestação, indicando todo o sistema materno-fetal, o qual cria um ambiente favorável para o bebê. Essas mudanças são necessárias para regular o metabolismo da gestante, promover o crescimento do bebê e preparar a mãe para o trabalho de parto e amamentação. Um dos fatores para ter uma gestação e amamentação tranquila, é o cuidado Nutricional que a gestante deve ter nesse período.

Calorias

Na gravidez, a gestante precisa sim de certas necessidades mais elevadas de nutrientes e calorias, porém não é correto pensar que ela necessita do dobro de uma alimentação habitual. Recomenda-se que a gestante inclua em média 300 Kcal a mais por dia, iniciando no primeiro trimestre com 150 Kcal adicional e totalizando em 300 Kcal adicional em média a partir do segundo trimestre.

Alimentos

É importante o consumo de carnes, leites e derivados, legumes, verduras, frutas, cereais e carboidratos todos os dias; fazer 5 – 6 refeições ao longo do dia; restringir o consumo de bebidas que contenham cafeína (café, chás, refrigerantes, cacau e chocolate); omitir o consumo de bebidas alcoólicas; hidratar-se com sucos e água. Prefira os alimentos integrais (pães, arroz, macarrão), os quais ajudam no funcionamento do intestino, por conterem bastante fibras e nutrientes.

Náuseas e vômitos

Ocorrem principalmente no primeiro trimestre, para evitar as náuseas e vômitos fracione as refeições, evite frituras, evite odores fortes, utilizando emperos suaves e naturais para o preparo das refeições (como cebola, orégano, salsinha etc); pela manhã, antes de levantar- se, ingerir uma bolacha (tipo crakers), aumente o consumo de alimentos secos e ricos em carboidratos (pães, batata, arroz, os integrais de preferência); o consumo de gengibre pode ajudar a amenizar as náuseas e vômitos.

Azia

Ocorre principalmente no último trimestre, devido ao tamanho do bebê que passa a comprimir o estômago da gestante. Recomenda-se dieta fracionada (5 – 6 refeições ao longo do dia), não se deitar após as refeições, comer devagar e mastigar várias vezes, evitar alimentos irritante da mucosa gástrica: café, chás preto e mate, doce em excesso, frituras, álcool e fumo.

Procure um Nutricionista para melhor orientá-lo e adequar sua necessidade nutricional na gestação!

Foram citadas acima algumas recomendações gerais para o assunto em questão, o Profissional Nutricionista irá respeitar a individualidade de cada gestante e suas necessidade. Mamães saudáveis irão contribuir para uma gestação tranquila e ensinarão a alimentação saudável para seus filhos!

Dra. Maristela Fidelis A. Rodrigues
Nutricionista Clínica e Esportiva
Especialista em Nutrição Clínica
CRN 34750
(19) 99828 5929